terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Meu ode ao bigode

Confesso! Gosto de bigode!

Não me julgue, nem o bigode. Não pense nele como algo ridículo, porque de fato pode ser. Tudo bem, você não é obrigada a concordar. Eu mesma demorei muito tempo para admitir essa preferência – uma grande demonstração de maturidade da minha parte (eu acho).

Imagine um homem de bigode (pai não vale). Em 1967, pense como seria encontrar com George Harrison, o mais charmoso dos Beatles depois que assumiu esse visual. Imagine ser Catherine Zeta Jones em A máscara do Zorro, sendo agarrada por Antonio Banderas com aquele bigode fininho. O que faria ao dar de cara com Collin Farrel durante as gravações de Miami Vice? Ou ser galanteada pelo Don Juan de Jhonny Deep? O ator Clark Gable, de E o vento levou, por exemplo, não seria tão bonito se não tivesse bigode. Em 2009, um artigo do New York Times usou os bigodes de Brad Pitt e Jason Giambi, jogador dos Yankees, como símbolos da tendência.

Que tipo de mulher não adoraria sentir o raspar desses pelos na nuca? Deixo aqui meu ode ao bigode e ao retorno da moda “mustache”.
Particularmente, vejo o bigode como uma evolução da barba mal feita (aquela que deixa o homem com cara de cafajeste). Um moleque qualquer não conseguiria ter um desses sem parecer um babaca. Para ter bigode tem que ser macho, seguro de si e maduro o suficiente para sustentá-lo. Tem que ter garbo!

Historicamente falando, ele representa inteligência, poder e status. O bigode já foi símbolo de honra, pois para fazer valer a palavra os homens tiravam dele um fio. E o que mais uma mulher pode querer?

Mesmo tendo adornado rostos como o de Burt Reynolds, do Village People, ou de Jake Gyllenhaal em O segredo de Brokeback Mountain e, mesmo sendo uma marca para Freddie Mercury, o bigode não deixou de ser símbolo de virilidade. (Afinal de contas, você já viu gays mais másculos que esses?).
Eu aconselho: experimente levar um bigodudo para a cama!!!


Mais bigode

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

A amiga do Peito diz...

Exorcismo

I

Invadida. Tudo. Inteira. Tuas mãos. Metendo. Eu suando. Gemendo. Gritando. Pedindo mais. Implorando. Fode. E fodia. Comia como quem tem fome. Morrendo de fome. Devorava. Engolia. Engoli. Cada gota. Lambendo os lábios. Os meus. Os teus. Mordendo. Chupando. Querendo. E agora aqui. Louca. Mais nada. Nada. Nunca mais. É isso. Só isso. Depois de tudo aquilo. Catando as roupas. Juntando os restos. As sobras. Tirando você de mim a unha. Expelindo teu gozo pelos poros.

II

Dei. Porque precisava dar. Não para ele. Precisava e fim. Então, dei. Gozadas e gemidos sem emoção. Sem chorar de tesão. Nada. Comendo sem fome. Tentando até o fim. Deixando a desejar. Fingindo sono pra acabar com aquilo. Acordando cedo e pulando da cama pra evitar o bom dia. Não retribuí os carinhos. O telefone eu passei errado. Para não ter que ver mais. Para esquecer. Para esquecer que era no seu pau que eu pensava enquanto sentava no dele.

[ por Cintia Moraes ]


Cintia Moraes, mais conhecida como Cintilante, é jornalista, mulher e extrema. Autora o blog http://www.asneirasaleatorias.blogspot.com/ e, Amiga do Peito!!!

terça-feira, 5 de outubro de 2010

A ignorante sabedoria masculina

"A posição sexual que os casais mais usam é a de cachorrinho:  o marido senta e implora... a mulher rola e finge de morta..."

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Perguntas que você deve fazer a um homem antes de namorá-lo:

  • Você tem mãe?
  • Consegue abrir um pote de geléia?
  • Mata baratas?
  • Além de miojo, o que mais você sabe cozinhar?
  • Você tem animais de estimação?
  • Eles dormem com vc?
  • Quantos anos você tem?
  • Quantos anos você acha que tem?
  • Tirando Rocky, qual o melhor filme de ação?
  • Sabe onde fica o clítoris?
  • Tem filhos?
  • Que horas vc acorda?
  • Dirige?
  • Bem ou mal?
  • Mora sozinho?
  • Catchup ou mostarda?
  • Preto ou branco?
  • Vibrador serve para...?
  • Aguenta quantas?
  • Fala inglês?
  • Consegue guardar datas?
  • E números telefônicos?
  • Último livro que leu?
  • Seu dedo serve para...?
  • E a língua serve para...?
  • Joga bola?
  • Profissionalmente?
  • Comeria Geisy Arruda?
  • E aquela menina (aponte uma amiga)?
  • Troca lâmpadas?
  • Costuma mentir?

domingo, 19 de setembro de 2010

A ignorante sabedoria masculina

"Mulher pequena é o ideal: dos males, o menor!!!"

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Receita básica de sexo

Simples de fazer, juro!

INGREDIENTES:
  • 04 olhos
  • 04 pernas
  • 04 braços
  • 02 pacotes de leite
  • 02 ovos
  • 01 banana
  • 01 recipiente fundo
MODO DE PREPARO:
  • Olhe dentro dos olhos (isso é importante)
  • Use 2 braços para abrir as outras 2 pernas
  • Aperte os pacotes de leite, massageando suavemente (lembre-se que não é mamão)
  • Coloque com cuidado a banana no recipiente até escostar no fundo
Ao elevar a temperatura, mergulhe a banana com força no recipiente, cubra com os ovos e deixe umedecer. Repita esses procedimentos até adquirir consistência cremosa. A receita estará pronta quando a banana amolecer. Caso isso não aconteça, repita os procedimentos do modo de preparo.

OBSERVAÇÕES:
  • Se você se encontra em uma cozinha que lhe é estranha, lave bem os utensílios antes e após o uso;
  • Utilize material de segurança apropriado;
  • Não lamba a tijela;
  • Caso a receita cresça, fuja...

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Para gozar a leitura

OS 120 DIAS DE SODOMA - Marquês de Sade

Sim, o Sade do sadismo (prazer em ver outras pessoas sentirem dor)!!! O livro Os 120 Dias de Sodoma ficou perdido por muitos anos e só foi publicado no início do século passado. Sade conta a história de um grupo de libertinos poderosos dispostos a qualquer coisa para desfrutar os mais loucos prazeres sexuais. Para tanto, eles sequestram oito garotas e oito rapazes entre 12 e 15 anos (virgens, é claro) e se trancam num castelo durante quatro meses. As histórias pornográficas são narradas por quatro putas velhas que também participam das orgias. Para ler tem que ter estômago e ser beeeem livre de preconceitos. Aos cinéfilos de plantão, o livro deu origem a um dos filmes mais polêmicos de Pier Paolo Pasolini Saló ou 120 Dias de Sodoma (1975). Vale a pena, eu tenho uma cópia em casa.




A CASA DOS BUDAS DITOSOS - João Ubaldo Ribeiro

Não julgue o livro pelo título (foi o que aprendi com Ubaldo). Esse livro foi encomendado para fazer parte de uma coleção chamada Plenos Pecados, e adivinha qual é o pecado do texto? Luxúria, claro! O livro é narrado por uma mulher de 68 anos, nascida na Bahia. Ela conta sua própria vida e como jamais se furtou a viver - com todo o prazer e sem nenhuma culpa - as infinitas possibilidades do sexo. O autor, afirma ter recebido um pacote com todas as histórias em sua casa, portanto, tudo o que o livro descreve é pura verdade. Um clássico sócio-histórico-lítero-pornô. Não entendeu? Leia!





TRILOGIA SUJA DE HAVANA - Pedro Juan Gutiérrez

Cuba, política e pornografia. E "viva la revolución!". O autor de O Rei de Havana, relata as verdades de um homem que nasceu e cresceu na utopia da Revolução Cubana por meio de crônicas impactantes sobre a vida em Havana nos anos 1990. Até aí, onde está a putaria? A escrita impulsiva de Gutiérrez traduz nas páginas do livro aquilo que lhe é vital "sexo é um intercâmbio de líquidos, de fluidos, de saliva, hálito e cheiros fortes, urina, sêmen, merda, suor, micróbios, bactérias". Entre suas experiências sexuais (muitas delas) e sua busca por um rumo na vida, o autor vai descrevendo o cenário da crise em Cuba. Por vezes, durante a leitura, senti o calor daquela cidade subindo pelos pés.


O AMOR NATURAL - Carlos Drummond de Andrade

Poemas eróticos dignos de serem recitados na cama para apimentar a relação. O livro lançado em 1992, pegou muitas mocinhas e senhores desavisados ao completo despudor do autor. São páginas e páginas de vulvas, línguas, lambidas, pelos, membros... ui! Do érotico ao pornográfico, o ato sexual na sua forma mais crua, como todos nós conhecemos (e como). As paixões carnais de Drummond em versos como: Sugar e ser sugado pelo amor, A língua lambe, A castidade com que abria as coxas e muito outros. Ganhei de presente de aniversário, sugestivo, não?! Fica a dica (eu adorei).

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Leis masculinas para o relacionamento

Todos os items estão numerados como o número 1, pois (para os homens) são todos de mesma importância.


1.) Peitos foram feitos para serem olhados e é isso que nós iremos fazer. Não tente mudar isso. 
1.) Aprenda a usar a tampa do vaso. Você é uma menina crescida. Se ela está levantada, abaixe-a. Vocês precisam dela abaixada, nós precisamos dela levantada. Você não nos vê reclamando por que você deixou ela abaixada. 
1.) Domingo = Esportes. É a mesma relação que a lua cheia tem com as mudanças na maré. Deixe estar.
1.) Comprar NÃO é um esporte. E não, nunca vamos pensar nisso dessa forma. 
1.) Chorar é chantagem. 
1.) Pergunte o que você quer. Vamos ser claros nisso: Dicas sutis não funcionam! Dicas claras não funcionam! Dicas óbvias não funcionam! Apenas diga logo o que você quer
1.) Sim e Não são respostas perfeitas para praticamente todas as questões existentes. 
1.) Venha falar conosco a respeito de um problema somente se você quiser ajuda para resolvê-lo. Isso é o que a gente faz. Simpatia é trabalho das suas amigas.
1.) Uma dor de cabeça que dura 17 meses é um problema. Procure um médico.
1.) Qualquer coisa que dissemos 6 meses atrás é inadmissível em um argumento. Na verdade, todos comentários tornam-se nulos e vetados após 7 dias.
1.) Se você pensa que está gorda, provavelmente você esteja. Não pergunte para nós.
1.) Se algo que nós dissemos pode ser interpretado de duas formas, e uma delas faz você ficar irritada e triste, nós queríamos usar a outra forma. 
1.) Sempre que possível, fale tudo o que você tem a falar durante os comerciais.
1.) Cristóvão Colombo não precisou parar para pedir informações, e nem nós.
1.) TODOS homens enxergam em apenas 16 cores, assim como as definições básicas do Windows. Pêssego, por exemplo, é uma fruta, não uma cor. Salmão é um peixe. Não fazemos idéia do que é âmbar.
1.) Se algo coça, será coçado. Nós fazemos isso.
1.) Se perguntarmos a você se há algo de errado e você responde ‘nada‘, nós agiremos como se nada tivesse errado. Nós sabemos que você está mentindo, mas não vale a pena a discussão.
1.) Se você fizer uma pergunta para a qual você não quer uma resposta, espere uma resposta que você não queria ouvir.
1.) Quando precisamos sair, absolutamente tudo que você usar está bom. Sério.
1.) Não pergunte o que estamos pensando, a não ser que você esteja preparada para discutir sobre Sexo, Esportes ou Carros. 
1.) Você possui roupas suficientes.
1.) Você possui sapatos demais.
1.) Obrigado por ler isso; Sim, eu sei, eu terei que ir dormir na sala hoje, mas saiba você que os homens não se importam com isso, é como acampar.

[ Enviado por Vi Cainelli ]
 
Fonte: http://testosterona.blog.br/2009/11/29/leis-masculinas-sobre-relacionamento/

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Guerra dos sexos - as cores


sexta-feira, 30 de julho de 2010

POR QUE? POR QUE? P-O-R-Q-U-E?

  • Por que os homens coçam o saco?
  • Por que os homens nunca acertam o clítoris?
  • Por que os homens não abaixam a tampa?
  • Por que os homens mijam para fora do vaso?
  • Por que os homens não se preocupam com a cueca que estão usando na hora do sexo?
  • Por que os homens tem mania de puxar a cabeça da mulher pegando pelo cabelo?
  • Por que os homens não sabem onde fica o ponto G?
  • Por que os homens sempre querem transar no primeiro encontro?
  • Por que os homens vão embora depois do sexo?
  • Por que os homens tem mania de lamber a orelha da mulher?
  • Por que os homens esquecem todas as datas importantes?
  • Por que os homens não entedem a tpm?
  • Por que os homens não demonstram quando estão apaixonados?
  • Por que os homens não dizem "eu te amo" primeiro?
  • Por que os homens precisam ouvir que o pinto deles é o melhor?
  • Por que os homens viram pro lado e dormem?
  • Por que os homens não ligam no dia seguinte?
  • Por que os homens não entendem que entre o sexo casual e o compromisso sério existe um meio-termo?
  • Por que os homens acham que as mulheres sempre querem discutir a relação?

Hein? Hein? Por que???